domingo, 9 de maio de 2010

O desejo nacional de ser "famoso"

Às vezes parece-me que o desejo nacional, aquilo que motiva todos os comuns mortais, é a vontade de serem "famosos". Tal vontade é tão forte que move montanhas, como a fé.
As pessoas tudo fazem para aparecer, nos jornais, nas revistas, na televisão, na rádio, em blog's, nos círculos de amigos, nos locais de trabalho, enfim, em todas as circunstâncias em que surge uma oportunidade, lá aparecem, como se fossem o "emplastro" das reportagens televisivas. Umas vezes gritam mais alto que os outros, outras vezes espreitam por cima do ombro do entrevistador, acenam para a câmara,pintam o cabelo de verde, ou roxo, ou vermelho,põem-se em bicos de pés, para ficar mais altos e se verem melhor, escrevem os seus pensamentos,partilham com todos aquele seu desejo de ser famoso, lêem e relêem aquilo que escreveram, uma e outra vez, na esperança que os contadores de leituras lhes tragam de volta a satisfação de ver que aquilo que escrevem é importante para os outros e que isso os torna, de certa forma, famosos, ainda que sejam eles próprios a contribuir para o avanço de tais contadores.
Triste percurso o destes candidatos a famosos. Mais valia inscreverem-se num qualquer reality show, porque, certamente, aí se tornariam famosos em três tempos, sem ser neceessário fazer avançar os contadores de leituras.